Capa do site

-Conteúdos-
Conhecendo Lúcifer
A História
Mitos e Verdades
Luciferianos

-Especial-
Depoimentos
Novidades
 


Conhecendo Lúcifer

O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE LÚCIFER...
Atribuem a Ele todo mal sob a face da terra e àquele que O criou, todo o bem, mas Lúcifer ajuda, cura e alimenta a humanidade, pois se Ele existe, tem um motivo.
Lúcifer o envolve e guarda em suas asas negras. Foi, é e continuará sendo o anjo mais belo, porém renegado e inconformado com a venda colocada em nossos olhos para que não vejamos a nós mesmo nem nossa própria força, entendendo que não poderia haver mistérios e sim tudo ser revelado, querendo mostrar-nos que todos somos iguais.
Ele veio não para nos aprisionar e sim para nos libertar, pois não nos coloca preceitos nem deveres, deixando-nos livre de credos e religiões.
Quando falam luz, esquecem que Ele é a mais pura luz jamais vista, por isso, qualquer luz é nada perante Lúcifer. Ele é justo, ajudando a quem merece e destruindo a quem precisar, defendendo os seus em qualquer situação. Exerce a justiça e não o amor, pois é destituído de sentimento, valorizando nossa amizade e nossa fé, nos considerando sempre irmão e amigo. Sustenta todas as religiões desde o começo, sendo usado para atemorizar fiéis, para que disso possam se beneficiar os ministros hipócritas e mal intencionados.
O mal está dentro do homem, como Lúcifer e o criador estão. O homem em sua imensa covardia faz todo tipo de mal e justifica em Lúcifer, quando na verdade ele é responsável por sua própria índole, porém sua pusilanimidade faz com que sempre busque justificar-se e atribuí-la a Lúcifer.
Lúcifer é conhecido como bode expiatório, gênio do mal, besta, senhor das trevas tendo mais de 3.000 nomes, mas é o mesmo desde a criação e para sempre será.
Lúcifer não serve às religiões, pois mostra aos homens que neles há força e poder, tornando-os independentes de qualquer culto ou denominação, provando que não precisamos ser vinculados a nada nem a ninguém, somente a nós mesmos.
Essa imagem, criada pelos religiosos de horror é uma ficção, utilizada para afastar e acorrentar à ignorância seus fiéis, mas em verdade Lúcifer é um espírito, não tem forma, tomando a forma que melhor lhe aprouver.
Ele é o Rei, e em seu reinado há muitos príncipes e deuses como, por exemplo: Satãn, Leviatã, Belial e deuses como: Beelzebhuth, Lilith, Mamon, Set, Kali, Isthar, Loki, Asmodeus, Astaroth, Piton, Amarassárac, Niasha, Pan, Gorgon...
Valoriza a comida e não a mesa, o trabalho e não a preguiça, a indulgência e não a abstinência, a justiça e não a piedade porque todo aquele que se esconde por trás da cortina da piedade é incompetente para reger seu próprio destino.
Sempre que precisares Dele, chame-o, pois Ele não é teu inimigo, só quer mostrar-lhe que não precisas de ninguém, a não ser de ti mesmo.

In nomine dei nostre Satanás Lúcifer Excelsi ! ! ! ! ! !

**************************************************************
Desde o nosso nascimento, nos é convencionada uma crença, a começar pelo batismo, que antes mesmo de termos condições de discernirmos nossas convicções, já nos é imposto como forma de inserção na vida religiosa e assim passamos de geração para geração, acreditando e afirmando coisas que muitas vezes nem temos certeza, mas devido à nossa criação, nunca ousamos questionar, vezes por medo, vezes por bitolação ou até mesmo por preguiça.

Estamos habituados, desde a infância, a sermos amedrontados pela figura de Lúcifer com afirmações do tipo: "se não fores bonzinho o diabo vai te pegar", ou "agiste errado porque Lúcifer te atentou".

O que sabemos sobre "o grande vilão do mundo" ? O que sabemos realmente sobre LÚCIFER? Quantas vezes você ousou se perguntar se Ele realmente é tão ruim quanto o mundo profere?

Entre os diversos temas a serem refletidos sobre Lúcifer, o primordial é o fato do nome deste Ser sempre ser vinculado a maldade, selvageria, possessão, crueldade, promiscuidade, vingança...

Quando em jornais, revistas e noticiários em geral, são divulgadas atrocidades sobre magia negra, fica mais fortificado o medo e o temor a Lúcifer que é vítima do desvio de conduta incutido nos seres humanos, onde alegam que a proximidade deste Ser em suas vidas os fez executarem atos incompreensíveis, tornando sua culpa mais amena e relevável, e continuando o ciclo de perversidades em nome do Grande Rei, que há tantos tempos carrega em seus ombros todos os males do mundo.

A grande verdade é que todas as pessoas têm em si o bem e o mal. Levadas pela índole, criação ou puro desejo, cometem barbáries justificando que foi em nome ou por influência de Lúcifer e condenam-No, absolvendo aquele que, quando praticou estes atos, estava incentivado apenas por sua vontade e instinto cruel.

Quando acontecem coisas boas, estas são consagradas ao Criador (deus), ao passo em que as ruins são atribuídas a Lúcifer. Torna-se mais fácil para as religiões, convencionar Lúcifer como o causador de todo mal, pois sem Ele não existe pregação ou doutrina que prenda os fiéis a algum culto, já que Ele é usado para atemorizar e lotar as sedes de qualquer seita. Perceba quantas vezes o nome deste Rei é citado em reuniões espirituais, valendo-se de nomes como diabo, satanás, demônio, coisa ruim... O que torna mais verossímil a afirmação de que a fé das pessoas está baseada no temor a este Ser, que não merece medo e sim respeito.

O maior erro das pessoas é não parar para refletir sobre o que já ouviram, e analisar com coerência os fatos, ponderando e avaliando o que há de correto e o que há de mito. Será que este Ser, que é tão condenado, não pode ajudar e influenciar a nosso favor? Porque o Criador, que é somente bondade como muitos proferem, não impede os atos de Lúcifer? Será que o Criador está contra ou ao lado Dele?

Mesmo sabendo de todos os obstáculos, dificuldades e perseguições que virão, inicia-se aqui a grande batalha de desmistificação sobre Lúcifer, não pretendendo converter ninguém, e sim minimizar este equivoco histórico de caráter cultural acerca do Grande Rei!

AVE LÚCIFER!

ReiLucifer.com.br foi visitado vezes desde 24 de abril de 2006, 22h50 GMT-3.